Luto

Falece o professor Joselito Falcão de Amorim

FALECEU O FILHO DE FEIRA O PROFESSOR E O POLÍTICO AMORIM
Faleceu em Salvador  aos 101 anos, o grande mestre e político de Feira de Santana, Joselito Falcão de Amorim. Filho de Manoel Bispo de Amorim e D. Esmária Boaventura de Amorim, nasceu no dia 04 de setembro de 1919 em Feira de Santana – Bahia.

Casado com  Arlete Leão de Amorim, com a qual teve quatro filhos: Arivaldo (engenheiro civil e arquiteto), Josete (médica), Ana Virgínia (engenheira química) e Jane (geóloga).

A sua história de vida está tecida na história de Feira de Santana por sua trajetória tanto na educação como na política. Como docente, lecionou matemática no Colégio Estadual, Escola Normal e no Colégio Santanópolis, onde também foi inspetor de ensino.

Como político foi eleito vereador em dois mandatos, assumiu a presidência da Câmara Municipal de 1963 a 1964 e exerceu o cargo de Secretário da Prefeitura na gestão do prefeito Arnold Ferreira da Silva (1959-1962). Foi empossado prefeito, pela Câmara Municipal no dia 08 de maio de 1964 e  permaneceu no cargo até 07 de abril de 1967, em substituição ao Dr. Francisco Pinto cassado pela ditadura militar.

Na sua gestão construiu o então Ginásio Municipal Joselito Amorim, iniciou a construção do Estádio “Jóia da Princesa”.  Inaugurou o Museu Regional, o Parque de Exposição João Martins da Silva (1966), a Estação Rodoviária (1966), a Biblioteca Municipal Arnold Ferreira da Silva, em 26 de abril de 1966, o Fórum Filinto Bastos, o Colégio Estadual, o DERBA e o Conjunto Residencial Cidade Nova, hoje bairro.

Como membro da Academia de Educação de Feira de Santana, ocupa a cadeira nº 14. O  professor Joselito Amorim, hoje aos 1oo anos, residia em Salvador mas visita a sua cidade regularmente.

 

 

NA MAISON PITOMBO OS ARCOS DE CRISTAIS PARA CABELO