Pais

FELIZ DIA DOS PAIS
Um pai presente é como a luz que guia o peregrino durante sua longa jornada, ajuda a escolher o melhor caminho, oferece o conforto e calor, dá abrigo e segurança nos momentos mais difíceis da vida. Reconhecer essa luz é a recompensa maior que um pai e um filho podem receber em suas vidas.

Luci e Guto Silva com as filhas Renata, Viviann e Karinne Silva Guirra

Karinne e Luciano Guirra com os filhos Suri e Enzo Silva Guirra

Volney Pitombo e sua filha Paula Pitombo 

Reinaldo com seus pais Jaguaratan e Reinaldo Portugal

Icaro Yvvin com seus pais Adriana e Sérgio Lima

Nair e Edval com os Filhos Leonardo e Monalisa Nascimento

A saudosa Maria Carneiro ao lado de José Carlos Pedreira e seus filhos Mailin, Carla e José Carlos Pedreira Filho

Maria La Salette e Jodilton Souza com seus filhos Ana Clara, Mariana e Tiago Souza

Sebastião e Cinira Soares com seus filhos Gabriel, Sebastião Junior e Rosa Helena Soares

Leonardo e Poliana com seus filhos Paulo Henrique e João Pedro Nascimento

O cantor Paulo Bindá com seus filhos

Dr. Almério Libório Lopes de Noronha com seus filhos Almério Libório de Noronha Filho e Maria Alicia Pitombo Leite de Noronha

Mauricio Emmanuel e Thais Furlan e seus filhos Lorenzo, Stefano e Nicholas

Jorge Pontes com seus filhos – Pedro Henrique , Beatriz ,Vitória e Jorge 

Nilton com seus filhos Junior, Alex e Kely Mascarenhas

Eduardo e Viviann Oliveira com os filhos Gutinho e Eduardo Oliveira

João Martins Silva Filho ladeado pela sua mulher Maria Luíza e seus dois filhos Mariana Baleeiro e João Martins Neto

Carlos Neto e Haiana Barreto Freitas com seus filhos Augusto e e Bernardo Barreto Freitas

Eliana e Marcílio Costa com seus filhos Alan e Andre Costa

Jorge Pitombo Maltez entre os filhos Kauanne, Jorge Filho, Katherine Maltez e seu amor  Lucia Mendonça

João Carlos Viegas e seus filhos Pedro e João com Isabel Viegas

Luís Mercês sua mulher Rosângela e seus filhos Adelina, Pedro e Luís Mercês Júnior

Wânia Garcia  com seu marido João Garcia e seus filhos Alexandre, Itatiene e Erick

Fabio Falcão comemorando sua nova idade ao lado de sua mulher Ana Pala Falcão com seus filhos João Carlos e Fabio Filho

Maria Denise entre seu marido Lourimar Freitas e seus filhos Isalda, Carol, Carlos Neto, Alexandre e Ricardo Freitas

Zé Neto e Naiana com suas filhas Maria e Luiza

Adelmario e Alfreda Xavier com os filhos Tamara e Diego a nora Juliana e a neta Maria Eduarda

Yara Portugal e Luis Antonio Macedo Cruz com seu filho Pedro e Daniele Cruz

Maria Clara entre seus pais Yole Dultra e Paulo Oliveira

Lorena com seus pais Maria das Graças e Carlos Augusto Freitas

Barbara com seus pais Rita e Herval Dórea

Larisa, José Mercês Neto e seus pais Leonel e Neide Mercês Santos

Adriano com seus pais Rita e Miguel Dórea

Bruno com sua mulher Juliana seus pais Márcia e Arivaldo Pereira e sua filha Rafaela Pereira

Alice e Benício com seus pais Renata e João Lucas

Cristina e Claudio Aboim com filhos, Débora, Lucas, Laura,  e a neta Isabel

Getúlio e Eliana  com o filho David Carvalho Lima

Kika, Antonio José e suas filhas Ingrid e Angel

Dr. João Durval Carneiro e Ieda Barradas Carneiro cercada pelos seus filhos Márcia Meccia, Sérgio, Cristianna, João Henrique, Gal e Luiz Alberto

Waldir Ronaldo, Arnold e seu filho Joaquim Pitombo e seu sobrinho Pablo

Franz e Elis Reuter com a filha Sabrina Reuter

Debora e Grimoaldo com a filha Lorenza Rios 

Fotos:Pitombo

Luto

Andre Piva e Carlos Tufvesson

NOTA DE PESAR
Morreu na quarta-feira, (05), no Rio de Janeiro, o arquiteto gaúcho André Piva. Ele sofria de leucemia linfocítica aguda e estava internado no hospital Copa Star. Querido na alta sociedade carioca, ele tinha 52 anos e era talentosíssimo. Seu escritório, no Rio, fez obras belíssimas e seu sepultamento foi na amanhã da quinta-feira, reservado à família. Ele era casado com o estilista Carlos Tufvesson.  Meus sentimentos a Carlos Tufvesson!

VAI FALTAR DENDÊ NA BAHIA
O Dendê líquido precioso que serve para preparar diversas iguarias baianas está prestes a não ser encontrado na Boa Terra. Os distribuidores do ó

leo afirmam que o problema foi à safra desse ano, que produziu muito abaixo do esperado. Os municípios da Costa do Dendê tiveram problema na produção. Sem dendê, não há acarajé, abará ou moquecas.

FEIRENSES PRODUZEM FILME SOBRE MARIA QUITÉRIA
A memória da heroína Maria Quitéria ganha mais uma homenagem. Foi lançado em Feira de Santana o filme ‘Maria Quitéria Honra e Gloria’. O produtor Antônio Silva é um dos criadores do filme. O filme está disponível gratuitamente no youtube, Instagram e facebook e é uma produção totalmente feirense.

RECAPEAMENTO ASFÁLTICO DE DEZENAS DE RUAS
O prefeito Colbert Martins Filho disse, nesta quarta-feira (5) que as 25 mil toneladas de asfalto a quente, o CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente), compradas pela Prefeitura de Feira de Santana, serão aplicadas nos trechos onde a pavimentação está mais castigada.

Segundo ele, vai beneficiar dezenas de ruas, mas não especificou quais. Não será uma simples operação tapa-buracos. Mas, trechos inteiros da pavimentação que estão mais degradados, estragados, onde tem mais buracos, vão ser trocados.

CINEMA DA UEFS DEBATE REPRESENTAÇÕES LGBTQIA+ NA MÍDIA
O projeto Sala de Cinema da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) promove o Cinedebate: Representações LGBTQIA+ na Mídia , sob a coordenação da professora Cida Sanches (UEFS/ DCHF), em parceria com o GRUD – Feira de Santana (@GRUD_FSA).

 O evento tem como debatedor convidado o professor Leandro Colling (UFBA), um dos criadores e integrante do Núcleo de Pesquisa e Extensão em Culturas, Gêneros e Sexualidades (NuCuS) e integrante da equipe de editores da revista acadêmica Periódicus, primeira e única inteiramente dedicada aos estudos quer no Brasil. O evento está programado para o dia 21 de agosto a partir das 15h.

 

 

 

História

Mona Lisa, a mais conhecida obra de Leonardo da Vinci – Wikimedia Commons

OS MISTÉRIOS DA MONALISA
Quem era Mona Lisa?
Um dos maiores mistérios, é justamente a identidade da enigmática da Mona Lisa. Por mais que ela nunca tenha sido revelada, muitas teorias existem para tentar solucionar o mistério.

Muitos historiadores acreditam que ela seja Lisa Gherardini (também conhecida como Lisa del Giocondo), uma italiana que nasceu em Florença no ano de 1479. O retrato da teria sido encomendado pelo marido, Francesco di Bartolomeu de Zanobi del Giocondo. Lisa era uma jovem de classe média que trabalhava com o marido como comerciante de seda e tecidos. Juntos, eles tiveram cinco filhos: Piero, Andrea, Camila, Giocondo e Marietta.

Mona Lisa, quadro de Leonardo da Vinci / Crédito: Wikimedia Commons

Por outro lado, há quem acredite que La Gioconda seja Caterina Sforza, Senhora de Ímola e Condessa de Forli. Ainda existe uma teoria supondo que Mona Lisa seria a amante de Giuliano de Médici, o governante de Florença, ou Isabella d’Este, a marquesa de Mântua. Há até quem diga que ela possa ser a mãe de Da Vinci ou até ele próprio, devido às semelhanças estruturais do rosto.

Sorriso intrigante
Enigmático, intrigante e profundamente desconcertante, o sorriso de Mona Lisa é um dos elementos mais misteriosos da pintura a óleo de Leonardo. Durante séculos foi discutido se ela estava feliz, triste, ou até mesmo apática. A professora Margaret Livingstone, da Universidade de Harvard, explica que as baixas frequências espaciais nas quais o retrato foi pintado, acabou criando um sorriso marcante quando os espectadores olham nos olhos presentes na pintura.

Em 2005, pesquisadores holandeses desenvolveram um programa de computador de reconhecimento fácil. Ele revelou que as emoções presentes na face de Mona Lisa seriam: 83% de satisfação, 9% de nojo, 6% de medo, 2% de raiva, e menos de 1% de neutralidade e surpresa.

O sorriso de Mona Lisa, quadro de Leonardo da Vinci / Crédito: Wikimedia Commons

No entanto, muitos afirmam que o sorriso teria mudado de acordo com o ângulo que você a observa e também com a distância. Em close, por exemplo, teríamos a impressão de uma expressão mais recatada. Já de longe, ela pare estar sorrindo alegremente.

 Códigos secretos
Se o sorriso e a identidade da mulher já são segredos demasiadamente intrigantes, existem outros mistérios ‘ocultos’ no quadro. Através da ampliação de microscópio de imagens de alta resolução da pintura, o Comitê Nacional do Patrimônio Cultural da Itália revelou a presença de uma série de letras e números pintados em várias partes da tela.

No olho direito da Mona Lisa, o historiador de arte Silvano Vicenti afirma que é possível identificar as letras “L” e “V”, que seriam as iniciais de Leonardo da Vinci. Além do mais, no olho esquerdo esconderia as letras “C” e “E”, ou até mesmo um “B”.

No olhar direito de Mona Lisa, quadro de Leonardo da Vinci, seria possível identificar as letras “L” e “V”, que seriam as iniciais do artista / Crédito: Wikimedia Commons

Já a ponte ao fundo da obra apresenta o número “72” ou a letra “L” seguida de um “2” pintado em seu arco. O que será que Da Vinci pretendia ao pintar misteriosamente essas letras de forma invisível a olho nu? Esse enigma seria digno de Robert Langdon.

A ponte desconhecida
Chega de falar de Mona Lisa, pelo menos da figura que representa a mulher misteriosa. O quadro ainda esconde elementos que devem ser apreciados, como a ponte de três arcos ao fundo da moça.

A historiadora Carla Glori sugere que o local sobre o ombro esquerdo da mulher seja a Ponte Gobbo ou Ponte Vecchio e estaria situada em Bobbio, uma pequena vila em um lugar montanhoso ao sul de Piacenza, ao norte do país.

A ponte representada na pintura de Da Vinci seria uma referência a Ponte Gobbo / Crédito: Wikimedia Commons

A teoria usa do número secreto descoberto por Vicenti, o 72. Glori sugere que o número seria uma referência ao ano de 1472, quando uma inundação desastrosa fez com que o rio Trebbia rompesse e destruísse a ponte de Bobbio.

Um olhar diz muitas coisas
O olhar de La Gioconda parece ultrapassar os limites da tela e acompanhar o espectador para onde ele se move. Esse fenômeno pode ser explicado por um entendimento científico descrito pela Universidade de Ohio, apontando que uma imagem pode parecer exatamente a mesma, independente do ângulo em que é enxergada.

O olhar de Mona Lisa, quadro de Leonardo da Vinci / Crédito: Wikimedia Commons

O mais encantador disso tudo, é que sem uma tecnologia do tipo, Leonardo da Vinci, através da sua manipulação magistral do chiaroscuro, conseguiu criar um senso de profundidade intensamente realista na interação entre sombra e luz do quadro.

Uma pintura atrás de Mona Lisa
Em 2006, cientistas canadenses usaram imagens de infravermelho e laser que revelaram esboços rudimentares escondidos na obra. Uma das mudanças seria a posição do indicador e do dedo médio da mão esquerda. O estudo também permitiu diversas outras descobertas, como as rendas, ou um véu, desenhados no ombro dela.

Quase uma década depois, em 2015, o engenheiro francês Pascal Cotte usou técnicas semelhantes e projetou feixes de luz em diferentes comprimentos de onda com o intuito de medir as quantidades de luz refletidas de volta. Curiosamente, ele descobriu que havia um retrato secreto por trás da Mona Lisa que vemos hoje.

Cientistas canadenses analisando a Mona Lisa em 2006 / Crédito: National Research Council Canada

No que Cotte chama de “método de amplificação de camadas”, ele afirma: “Podemos analisar exatamente o que acontece dentro das camadas da criação da pintura e podemos descascá-las como uma cebola”. Cotte encontrou quatro imagens abaixo da superfície pintada mais alta, incluindo uma pintura de uma mulher mais jovem com pequenos traços faciais e sem sorriso.

Mona Lisa estava grávida?
Como dito anteriormente, muitos historiadores acreditam que a mulher seja Lisa del Giocondo, que teve quatro filhos. Os braços da moça cruzados sobre o estômago arredondado, assim como evidências históricas, sugerem que ela estava grávida pela segunda vez quando a pintura foi feita.

Além disso, como o exame com infravermelho mostrou, ela teria um guarnello (véu) pendurado nos ombros. Um guarnello é um tecido excessivo feito de linho e é muito usado por uma mulher grávida.

Ventre e mãos de Mona Lisa, quadro de Leonardo da Vinci / Crédito: Wikimedia Commons

Especula-se que o véu possa ser simplesmente um lenço ou pedaço de tecido pendurado sobre os ombros. No entanto, as mãos da Mona Lisa sobre o estômago, o momento historicamente exato de sua gravidez com a de Lisa e o uso semelhante de um guarnello como na obra que representa Smeralda Brandini, do pintor Sandro Botticelli, sugerem que ela escondia misteriosamente um bebê.

Por que achamos a Mona Lisa bonita?
Ao longo da história, o retrato de Mona Lisa foi citado como um exemplo de beleza atemporal. Mas seria limitador sugerir que sua beleza estaria restrita apenas ao olhar e o sorriso.

A proporção áurea, denominada por Da Vinci como “proporção divina”, é derivada da relação dimensional comprimento e largura dos retângulos e é supostamente a proporção mais esteticamente agradável para o olho humano. Presente em estruturas naturais, como o centro espiralado de girassóis e as colunas artificiais do Partenon.

Linhas simetricas no quadro de Mona Lisa, de Leonardo da Vinci / Crédito: Reprodução YouTube

Quando um retângulo é formado ao redor do rosto de Mona Lisa, de acordo com a proporção, o queixo, o topo da cabeça e o nariz ficam alinhados exatamente. A prevalência dessa proporção áurea na obra de arte talvez explique a misteriosa intriga sentida por quem vê o retrato. Suas proporções são consideradas agradáveis ​​aos olhos, produzindo uma sensação de equilíbrio natural e beleza.

Pintura roubada
A Mona Lisa foi roubada em 1911 por um funcionário italiano do Louvre chamado Vincenzo Perugia — alguns escrevem seu sobrenome Peruggia. Ele acreditava que a obra havia sido roubada em Florença por Napoleão Bonaparte, e desejava trazê-la de volta ao seu “verdadeiro lar”.

Por dois anos a localização da pintura permaneceu um completo mistério. Então, em 1913, Perugia entrou em contato com o negociante de arte italiano Alfredo Geri  e solicitou um reembolso monetário ao governo italiano em troca do transporte da Mona Lisa de volta a Florença.

Vincenzo Perugia roubou a Mona Lisa em 1911 / Crédito: Wikimedia Commons

Com o da pintura, a especulação sobre o real motivo do roubo continuou. Quando foi revelado que Perugia contou com a ajuda de Eduardo de Valfierno, um conhecido falsificador de arte, as pessoas começaram a teorizar que a Mona Lisa foi roubada para que cópias da pinturas pudessem ser realizadas e vendidas para os colecionadores inconscientes.

Mona Lisa estava doente
Quando estava na fila do Louvre para ver a Mona Lisa em 2018, O doutor Mandeep R. Mehra associou a pele pálida, os cabelos ralos e o sorriso desalinhado da mulher com uma doença glandular.

Mehra, que trabalha como diretor no Centro Cardíaco e Vascular do Hospital Brigham and Women, declarou que teve dificuldade de apreciar a arte em concorrência do seu olhar aguçado para diagnósticos clínicos.

Ele observou a presença de uma pequena protuberância carnuda no canto interno do olho esquerdo, uma linha capilar fina e rala, a falta de pelos nas sobrancelhas e uma protuberância ao lado do dedo indicador. Juntamente com a pele amarela e o inchaço no pescoço indicaria um aumento da glândula tireoide, ele sugeriu que o sorriso estranho dela teria sido causado por fraqueza muscular.

Doutor Mandeep R. Mehra / Crédito: Brigham and Women Hospital

Assim, o especialista chegou à conclusão de que Mona Lisa sofria de uma condição chamada hipotireoidismo, na qual os sintomas apareciam em destaque no retrato de Da Vinci. Mehra aprofundou sua investigação sobre as condições históricas em torno da dieta da mulher e descobriu que os alimentos deficientes em iodo eram comumente consumidos no início do século 16. Como o elemento é um nutriente essencial no papel de manter a saúde da tireoide, o mistério do sorriso curioso de Mona Lisa pode ter ganho uma outra teoria.

Cortador inox de tortas e bolos na Maison Pitombo
Pedidos: (75) 98806-3055/3625-7772

História

 

São João Batista – Wikimedia Commons

O POSSÍVEL AMOR DE LEONARDO DA VINCI
Gian Giacomo Caprotti era um dos assistentes mais próximos do mestre renascentista, além de suposto amante e inspiração para suas grandes obras .

“Ilegítimo, gay, vegetariano, canhoto, facilmente distraído e às vezes herético”. Assim descreveu Walter Isaacson um dos maiores gênios da História, na biografia Leonardo da Vinci (2018). Os talentos do mestre renascentista já não conhecidos por todos, seus trabalhos no ramo das artes, ciência, engenharia, arquitetura são venerados ainda hoje, 500 anos depois de sua morte.

No entanto, um aspecto de sua trajetória parece chamar mais atenção do que outros: sua vida íntima. Sem nunca ter casado ou deixado qualquer herdeiro, o debate em torno de sua sexualidade acontece com frequência, considerando a possibilidade de o pintor ser homossexual.

Artista Leonardo Da Vinci / Crédito: Getty Images

“Ao mesmo tempo, entre os escritos de Leonardo aparecem vários desenhos de órgãos genitais femininos e referências ao orgasmo da mulher. Ele devia saber do que estava falando para escrever isso com tanta precisão”, alegou o professor Alessandro Vezzosi, especialista na vida do artista italiano.

Apesar de tanto mistério, uma figura em especial, presente por muitos anos, na vida de Da Vinci pode ser associada como um amante — e possível inspiração — por trás de muitas obras famosas, como as de São João Batista e de Baco.

Gian Giacomo Caprotti, posteriormente chamado por Leonardo de Salaì (pequeno demônio), chegou ao ateliê, localizado em Milão, quando tinha apenas 10 anos, em 1490. Logo de tornou um aprendiz do artista e, cada vez mais, atraía sua atenção. Nessa época, o pintor já estava com 30 anos de idade.

Ao envelhecer ganhou o apelido de Salaì, em referência a sua notável beleza. Ele impressionava o renascentista, que o retratou em suas renomadas obras. Alguns historiadores consideram a hipótese de Giacomo ter sido a inspiração por trás de Mona Lisa — algo que nunca foi comprovado.

Desenho de Da Vinci que pode ser Salaì / Crédito: Wikimedia Commons

É indiscutível a relevância de Caprotti na vida de seu mestre. “Ele era um garoto da classe trabalhadora e, evidentemente, muito difícil de lidar, mas acabou ficando com Leonardo por 25 anos”, contou Brian Mullin, organizador de uma ópera que celebra a vida do multiartista, em entrevista à BBC, em 2019.

Pela proximidade do pintor com seu assistente, especialistas supõe que havia algo que ia além da relação profissional. Dado que o italiano não deixou diários pessoais, o que dificulta compreender sua fascinante saga.

A partir de poucas anotações que Alex Mills e Brian Mullin resgataram para criar o espetáculo, sabe-se que Da Vinci e Caprotti mantinham um relacionamento intenso e profundo. Presenteando-o com roupas caras, o levando para viagens constantes. “Todo mundo considera que ele foi companheiro de Leonardo”.

A relação de ambos passou por uma turbulência em 1505, quando outro assistente chegou à oficina de Leonardo. Este era Francesco Melzi, um jovem de família nobre que se tornou secretário particular do renascentista. Diferente de Salaì, Melzi tinha uma relação de pai e filho com Da Vinci, sendo chamado de Mestre Francesco por ele.

Ao analisar as obras de Leonardo, Martin Clayton, chefe de gravuras e desenhos do Royal Collection Trust considera que os assistentes representavam dois lados distintos do próprio artista. Sendo que Salaì seria uma faceta sombria. “Apresentar Salaí como o lado sombrio e reprovador e Melzi como o lado sólido e trabalhador, diz algo muito válido sobre Da Vinci”, opinou Clayton.

De fato, Caprotti se afastou de Da Vinci após a chegada de Melzi. Quando o mestre renascentista se mudou para França. Ele permaneceu em Milão e, já não estava ao lado do italiano em sua morte, no ano de 1519.

Outro aspecto enigmático sobre a relação dos dois, é que após a morte de Leonardo, Giacomo quase nada herdou, apenas algumas telas que pesquisadores hoje suspeitam que foram falsificadas, ou mesmo roubadas. Por outro lado, Melzi ficou com pinturas, desenhos e alguns cadernos, como um guardião do legado intelectual de seu mestre.

Gian Caprotti após o falecimento de Da Vinci casou-se com Bianca Coldirodi d’Annono e, um ano depois, morreu em um duelo, em 1524, na cidade de Milão.

Cortador inox de tortas e bolos na Maison Pitombo
Pedidos: (75) 98806-3055/3625-7772

Jardins

 

Margot e sua filha Paula Pitombo Monteiro colhendo flores na sua fazenda

CURTINDO E CUIDANDO DA NATUREZA
Dr. Volney Pitombo e sua família, em tempos de pandemia aproveitam maior tempo em sua Fazenda Paraízo, em Secretário (estado do Rio). Margot uma das mulheres mais refinadas do Rio de Janeiro tem disponibilizado seu tempo de finais de semana ao lado da filha Paula para cuidar da bela área  florida de sua fazenda. Já, Dr. Volney Pitombo em companhia de seu genro  Fabio Monteiro usam a bela biblioteca  para aprimorar seus conhecimentos.

RESTAURANTES E LANCHONETES ABERTOS
A partir dessa terça-feira todos os restaurantes e lanchonetes de Feira de Santana estão autorizados a funcionar. Será necessário seguir todas as medidas de segurança para  proteger seus clientes e funcionários.

FESTEJOS À SANTA DULCE DOS POBRES
A comunidade católica festeja, desde o último sábado (1), a trezena dedicada a Santa Dulce dos Pobres, primeira santa nascida no Brasil. A festa que terá seu encerramento no dia 13, com a celebração eucarística solene, às 9h, presidida pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, cardeal Dom Sergio da Rocha,

Entre os momentos marcantes da programação, as Obras Sociais Irmã Dulce (Osid) programaram, para o próximo domingo (9), a partir das 10h30, uma carreata com peregrinação da imagem da Santa Dulce dos Pobres percorrendo as ruas de Salvador.

RICARDO ISHMAEL LANÇA LIVRO
O jornalista Ricardo Ishmael está lançando seu primeiro livro infanto-juvenil. Por causa da pandemia do novo coronavírus, o lançamento será em dois momentos: uma live especial no dia 07 de agosto, às 19h, no @ricardoishmael e um evento físico, no pós-pandemia, em data a ser definida quando for possível promover esse tipo de ação em livrarias de Salvador e nas cidades do interior da Bahia.

CERTIFICAÇÃO FRANCESA PARA PRODUTOS ORGÂNICOS
O Boticário conquistou uma certificação que tem tudo a ver com a proposta de sua primeira linha de produtos orgânicos. A nova linha Nativa SPA Orgânico, que deve chegar às prateleiras em outubro, já nasce certificada pela Ecocert, instituto de inspeção e certificação orgânica, fundado na França, e que atualmente está presente em mais de 130 países.

NOVO IMPOSTO A VISTA
O presidente Jair Bolsonaro afirmou que autorizou o ministro da Economia, Paulo Guedes, a discutir a criação de um novo imposto baseado nos moldes da antiga Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). No entanto, ele destacou que a eventual adoção dessa medida deve vir acompanhada de desonerações ou extinção de algum tributo atualmente em vigor, de acordo com declarações publicadas pela mídia.

GLOBO PREPARA PACOTE DE REVIRAVOLTAS
Faustão e William Bonner, possivelmente, podem deixar as atuais atrações que apresenta, o Domingão e o Jornal Nacional, respectivamente, e Xuxa poderá voltar para casa onde se lançou ao estrelato. Faustão já sinalizou na Globo que quer trabalhar até 2022. Os próximos dois anos serão uma espécie de despedida do veterano, que completou 31 anos à frente do Domingão.

FESTIVAL DE INVERNO
Previsto para acontecer neste mês de agosto, em Vitória da Conquista, o Festival de Inverno Bahia 2020 foi cancelado em decorrência da pandemia do novo coronavírus.  A decisão foi oficializada na segunda-feira, (3).

NOVO TRATAMENTO À COVID-19 VIA ANAL
O prefeito de Itajaí (SC), Volnei Morastoni (MDB) afirmou, na noite da terça-feira, (3), em uma live no Facebook que pretende adicionar como opção de tratamento à covid-19 na cidade a administração de ozônio, pelo ânus, nos casos positivos para a doença.

MULHER É ENTERRADA NO LUGAR DE OUTRA EM FEIRA DE SANTANA
Uma troca de corpos provocou um enterro por engano na manhã do domingo, (2), no cemitério São João Batista, aqui em Feira de Santana. De acordo com familiares de Maria Luiza Brito Santos, 59 anos, que morreu no Hospital Cleriston Andrade (HGCA), ela teve o seu corpo trocado com outra mulher, que também se chamava Maria, pela equipe do hospital responsável pela liberação dos corpos.

Cortador inox de tortas e bolos na Maison Pitombo
Pedidos: (75) 98806-3055/3625-7772

História

Vítima da enfermidade – Domínio Público

ENFERMIDADE DO SONO
Depois da Primeira Guerra, uma estranha enfermidade atingiu mais de um milhão de pessoas; muitas pessoas passaram a viver presas dentro dos próprios corpos.

A doença do sono, ou encefalite letárgica, atingiu cerca de um milhão de pessoas após a Primeira Guerra Mundial e intrigou médicos e profissionais da saúde. Como consequência, milhares de pessoas morreram, enquanto outras acabaram tornando-se estátuas vivas e passaram o resto da vida presas em seus corpos, sendo impedidas de se movimentar ou até mesmo falar.

Até os dias atuais não foi possível encontrar uma resposta para a causa da doença ou até mesmo como tratá-la. A enfermidade teria se espalhado mundialmente na mesma época em que a gripe espanhola, tendo o início da epidemia começado por volta de 1915 e 1916.

Na época, os soldados que apresentaram sintomas da doença como sono profundo, chamado de letargia, foram examinados por médicos em Paris e diagnosticados como uma reação ao gás mostarda, bastante usado durante o conflito. Porém, o diagnóstico estava errado.

Soldados dormindo nas trincheiras / Créditos: Getty Images

Após testemunhar os mesmos sintomas em civis, um neurologista de Viena, Constantin von Economo, escreveu um artigo chamado “Die Encephalitis lethargica”, descrevendo de forma detalhada a doença. Em pouco tempo seu nome se associou a enfermidade que passou a ser conhecida como doença de von Economo.

De acordo com relatórios médicos, aproximadamente um terço dos infectados acabou morrendo por causa da doença, enquanto apenas 20% sobreviveu, mas necessitavam de cuidados especiais. Menos de um terço desse número teve uma recuperação completa e pôde viver sua vida normalmente.

Os principais afetados foram jovens e adultos de 15 à 35 anos, e os sintomas iniciais eram similares ao da gripe: febre alta, dores de cabeça, sensação de cansaço e coriza. Por esse motivo, muitos não procuravam o médico de imediato, o que dava mais tempo para que o vírus se espalhasse pelo cérebro.

As autópsias realizadas pelo neurologista constataram que uma das principais causas das mortes foi o inchaço do hipotálamo, parte do cérebro responsável por controlar diversas funções, incluindo o sono. A epidemia da doença do sono começou a desaparecer apenas 10 anos após a publicação do artigo de von Economo.

Diversos cientistas acreditam que essa é uma doença do século passado e que não existem mais riscos. Entretanto, o virologista John Oxford discorda completamente dessa visão. “Eu certamente acho que o que quer que tenha causado, poderia atacar novamente. E até sabermos o que causou isso, não poderemos impedir que isso aconteça novamente”, disse John.

Em 1993, assim como Oxford havia dito, a doença do sono ressurgiu. Uma garota chamada Becky Howells foi diagnosticada com a encefalite letárgica e levou anos para se recuperar. Desde então, diversos outros casos também acabaram aparecendo e levantaram novas pesquisas que continuam sem respostas esclarecedoras. A doença continua sendo um dos maiores mistérios médicos da história.

Demissão

 

Avião da companhia aérea Latam no pátio do Aeroporto Internacional de São Paulo — Foto: Celso Tavares/G1

 

LATAM DEMITE 2.700 PILOTOS E COMISSÁRIOS
Afetada pela crise econômica provocada pelo coronavírus, a companhia aérea Latam informou nesta sexta-feira (31) que vai iniciar um processo de demissão de, no mínimo, 2,7 mil pilotos e comissários. O corte equivale a 38% do total de tripulantes, segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA). Em comunicado, a empresa afirmou que decidiu abrir um pedido de demissão voluntária (PDV) de hoje até 4 de agosto. Depois, serão iniciados os desligamentos.

VENENO DE ARANHA BRASILEIRA CAUSA EREÇÃO DE ATÉ 4 HORAS
Um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Georgia afirma que o veneno de uma aranha brasileira pode ser uma alternativa para a impotência sexual masculina. Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, o veneno da Armadeira, uma das aranhas mais agressivas do mundo, pode causar uma ereção de até quatro horas.

Os pesquisadores aplicaram uma substância presente no veneno, a toxina PnTx2-6, em ratos hipertensos e com disfunção sexual. O resultado foi a normalização das ereções, ou seja, acabou com a disfunção erétil dos animais.

No entanto, a picada da aranha não é recomendada fora do ambiente de análise. De acordo com especialistas, além do priapismo, efeito que faz o pênis fica ereto continuamente, a picada também provoca dor intensa, taquicardia, perda do controle muscular, dificuldade respiratória e estado de choque – que podem ser fatais se não houver socorro médico.

TELAS DE VÍDEO EM AVIÕES PODEM ESTAR COM OS DIAS CONTADOS
Segundo um relatório da Bloomberg, as três maiores empresas aéreas dos Estados Unidos estão removendo os monitores de suas principais aeronaves. Isso tem a ver, em parte, com a tentativa das empresas de tornar as poltronas cada vez mais leves e menores.

Mas, obviamente, esse recurso também tem um custo. Com a popularização dos smartphones, tablets, inclusive laptops à bordo, as companhias estão repensando a utilidade das telinhas.

FILHO DE MAGISTRADA DELATA 12 DESEMBARGADORES
O advogado Vasco Rusciolelli Azevedo, citou em delação premiada o nome de 12 desembargadores baianos. Os magistrados são suspeitos de envolvimento em suposto esquema de grilagem venda de sentenças do Tribunal de Justiça da Bahia. Vasco é filho da desembargadora presa, Sandra Inês Moraes Rusciolelli.

O jurista teria entregue a Procuradoria-Geral da República uma microfilmagem de um suposto cheque depositado na conta de um dos citados na ação. Vasco teria contado ainda os detalhes sobre propina para compra de imóveis em condomínios de luxo na Praia do Forte. A Justiça deve homologar o acordo de delação premiada do advogado nos próximos dias.

Cortador inox de tortas e bolos na Maison Pitombo
Pedidos: (75) 98806-3055/3625-7772